Governo faz as contas para aprovar MP que cobra imposto

Atrás de recursos extras para equilibrar as contas públicas.

Atrás de recursos extras para equilibrar as contas públicas, o governo vai priorizar nesta semana, no Congresso Nacional, as Medidas Provisórias (MP) da Reoneração de setores produtivos e a do Refinanciamento de Dívidas de Empresas com a União.

A MP da Reoneração, que retoma a cobrança maior de impostos previdenciários das empresas, precisa ser votada até quinta-feira (17), data em que perde a validade.

O projeto foi aprovado na comissão para retomar a cobrança sobre a folha de pagamento a partir de janeiro de 2018, mas o governo espera, no plenário, retomar o texto original e reonerar setores produtivos já a partir desse ano.

Já a medida do Refis, que refinancia dívidas de empresas com a União, tem um prazo maior para ser aprovada. A matéria também foi alterada na comissão mista, reduzindo o valor da multa a ser paga pelas dívidas. Neste caso, o governo deseja reverter as mudanças.

No Senado, será retomada a CPI da Previdência Social. Também está prevista a apreciação de um projeto, no plenário do Senado, que reduz o percentual de cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do querosene usado na aviação comercial.

Fonte: EBC

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

  • Últimas Notícias
Aprenda a denunciar fraudes fiscais no Espírito Santo

As fraudes fiscais estão no cotidiano do brasileiro. Não ap

Mudanças no texto da Reforma da Previdência

As mudanças já sinalizadas pelo governo no texto que propõ

Comentários