O Brasil parou nesta sexta-feira (28). Em todo o país, várias categorias se manifestaram contra algumas medidas.

O Brasil parou nesta sexta-feira (28). Em todo o país, várias categorias se manifestaram contra algumas medidas do Governo Federal que tramitam no Congresso Nacional. Em todo o Paraná, os servidores do Fisco Estadual paralisaram suas atividades, em protesto contra a Reforma da Previdência, que afetará mais de 100 milhões de brasileiros em todo país.

O presidente do Sindafep, Wanderci Polaquini, conta que a mobilização dos servidores do Fisco teve grande participação da categoria. “A mobilização aconteceu com um índice muito alto de adesão em todas as regionais do Estado. A categoria demonstrou consciência e preocupação com possíveis efeitos desta nefasta proposta do governo federal”.

Polaquini também reiterou que a mobilização dos auditores fiscais da Receita do Estado do Paraná foi pontual. “A paralisação e as manifestações foram especificamente contra a Reforma da Previdência, sem conotação política ou partidária”, explica o presidente do Sindafep.

A categoria dos auditores fiscais do Paraná decidiu pela adesão à Greve Geral em assembleia realizada em 26 de abril, em Curitiba. Na ocasião, a paralisação total foi aprovada por ampla maioria, que decidiu realizar a manifestação em frente às repartições em todo o estado.

Paralisação

Na capital e nas regionais, os servidores do fisco estavam com faixas e outros materiais para conscientizar e mostrar quais são os riscos e os impactos que seriam causados pela aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, que trata da Reforma.

“Os auditores mostraram hoje a indignação quanto às mudanças propostas pela Reforma da Previdência e, principalmente, com relação à elevação de idade de aposentadoria para os 65 anos para se ter direito à paridade e integralidade do benefício”, afirmou o vice-presidente jurídico do Sindafep, Fernades dos Santos.

Além das delegacias de Curitiba, região metropolitana e litoral, as delegacias de Ponta Grossa, Guarapuava, Jacarezinho, Londrina, Maringá, Umuarama, Cascavel, Pato Branco e a Delegacia de Contribuintes de outros Estados participaram da mobilização.

Fonte

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

  • Últimas Notícias
Governo prepara-se para aumento dos protestos

Planalto acredita que pode superar o discurso das "minorias que

PSDB afina discurso para se afastar de Temer

Parecia combinado. Sabia-se que o PSDB, partido da base do

Comentários