O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou não ver necessidade da aprovação da reforma administrativa para o governo federal abrir novos concursos públicos. Uma coisa, disse o parlamentar, não depende da outra para sua efetividade. Conforme o Estado revelou nesta segunda-feira, 17, o aval a novos concursos públicos virou moeda de troca do governo para pressionar o Congresso a aprovar a reforma administrativa. c. “Não sei se é necessário”, disse Maia ao chegar na Câmara quando foi perguntado sobre a “moeda de troca”. “O governo vai mandar uma reforma para os novos servidores. Eu não sei onde é que…
Presidente cancelou cerimônia de lançamento do programa Mais Brasil para discutir com o ministro Paulo Guedes versão do projeto do governo O presidente Jair Bolsonaro recebeu, na tarde desta terça-feira (18), a versão do Ministério da Economia do projeto de reforma administrativa, que o governo pretende enviar ao Congresso ainda esta semana. "Vou estudar à noite toda hoje, peguei o consolidado agora", disse o presidente ao chegar no Palácio do Alvorada, onde conversou com alguns apoiadores que o aguardavam. Pouco antes, ele cancelou a solenidade de lançamento do programa Mais Brasil para discutir com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e outros…
O presidente reafirmou ainda a intenção de votar neste semestre propostas que buscam conter as despesas públicas O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltou a cobrar a contribuição dos empresários na reforma tributária. Segundo ele, o Estado brasileiro concentra renda e não reduz desigualdades. “Se tivesse que escolher entre a reforma administrativa e a tributária, eu fico com a tributária, porque pelas simulações que acompanhamos vai ser muito positivo para o crescimento do País", disse o presidente durante evento promovido pelo BTG Pactual em São Paulo nesta terça-feira (5). "O que não pode é ter esse sistema mantido…
O mantra é de que o assunto segue em estudo. A pauta, porém, só deve ser retomada quando houver clima político O futuro da reforma administrativa está indefinido. Apesar das informações que circularam na Câmara de que o governo desistiu de enviar a proposta por causa do mal-estar gerado pela declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, que comparou servidores a parasitas, o Executivo ainda não fala de recuo ou desistência. O mantra é de que o assunto segue em estudo. A pauta, porém, só deve ser retomada quando houver clima político para isso. Por isso, Guedes tentou construir esse…
O grupo será composto por 25 deputados e 25 senadores. O número foi definido na reunião de líderes com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) Prevista para ser instalada nesta quarta-feira (12/2), a comissão mista que debaterá a Reforma Tributária só poderá  ser instalada amanhã. Isso porque depende da indicação dos nomes dos parlamentares para compor o grupo que deve ser feita até esta quinta-feira (13/2) pelos líderes dos partidos. O grupo será composto por 25 deputados e 25 senadores. O número foi definido na reunião de líderes com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e…
Ministro buscou mais uma vez justificar a frase em que comparou o servidor que reivindica reajuste em tempo de crise fiscal a um parasita O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a dizer, nesta quarta-feira (12/2), que foi mal interpretado ao usar o termo "parasita" para defender as reformas econômicas. Ele alegou que, quando os gastos com salários impedem o Estado de investir em saúde e educação, o parasita é o Estado, e não os servidores.  "Eu não disse nada disso (que o servidor é um parasita). Eu estava dando o exemplo de quando os gastos com funcionalismo devoram 95%, 96%, 100% das receitas.…
Segundo o secretário, Paulo Uebel, o assunto segue em estudo na pasta O governo ainda não se decidiu sobre o envio da reforma administrativa ao Congresso Nacional. Segundo o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, Paulo Uebel, o assunto segue em estudo na pasta e deve ser retomado quando houver clima político para isso. "O governo está avaliando o melhor timing político", afirmou Uebel nesta quarta-feira (12/2), apenas um dia depois de vir à tona um boato de que a reforma administrava não seria mais enviada ao Congresso. O recuo foi cogitado depois que…
 O presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Rudinei Marques, protocolou nesta terça-feira (11), uma representação na Comissão de Ética da Presidência da República (CEPR) contra o ministro Paulo Guedes, que na última sexta (07/02), comparou o servidores a parasitas, durante seminário promovido pela Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas (FGV EPGE), no Rio de Janeiro. Na oportunidade os diretores da Fenafisco, Celso Malhani (também coordenador da Comissão Parlamentar do (Fonacate), e Jorge Couto, somaram esforços ao grupo, em defesa do serviço público. No documento o Fórum destaca que a declaração pública…
*Charles Alcantara O insulto desferido pelo ministro Paulo Guedes contra os servidores públicos, mais que um destempero verbal ou mera demonstração de incivilidade, é a expressão do desprezo (verdadeiro) que nutre o ministro pelo serviço público. Não estava o ministro sob violenta emoção quando proferiu a ofensa. Estava bem à vontade, em lugar seguro e na companhia dos seus iguais. Guedes considera menores e desprezíveis todos os que dependem do trabalho, sentimento que encontrou terreno fértil no atual governo. Basta lembrar agosto do ano passado, quando o presidente Bolsonaro declarou que a vida dos patrões é tão difícil quanto a…
O diretor da Fenafisco e coordenador da Comissão Parlamentar do Fonacate, se reuniu nesta terça-feira (4), para discutir junto aos demais representantes do setor público possíveis alterações no Plano Mais Brasil, composto pelas PECs Emergencial (186/2019), Revisão dos Fundos (187/2019) e a do Pacto Federativo (188/2019), que, dentre outros pontos, propõem a redução de até 25% da jornada do servidor, com corte proporcional dos vencimentos. Durante a reunião, dirigentes sindicais e assessores parlamentares trataram das inconstitucionalidades encontradas nos dispositivos dos textos, com o objetivo de elaborar sugestões de emenda ao projeto. Segundo Malhani, reuniões pontuais realizadas pelo Fórum são fundamentais…
Pagina 1 de 63
  • Últimas Notícias
Fórum recebe apoio dos deputados para emendas

Representantes do Fórum dos Servidores do Poder Executivo es

Temer quer no STF nome pró-reformas trabalhista

Nas consultas que tem feito sobre a indicação ao posto de min

Comentários